quinta-feira, 28 de abril de 2016

Brincadeiras do tempo da vovó


As brincadeiras de outras épocas.

Objetivos:

• Identificar que as brincadeiras fazem parte da cultura humana;
• Perceber que há mudanças e permanências na forma de brincar;
• Comparar as brincadeiras da época dos pais, avós ou outros familiares com as suas;
• Brincar com novas brincadeiras.
Conteúdos:

• Histórias de vida;
• Brinquedos e brincadeiras do passado e do presente.
Justificativas:

Pretende-se que ao conhecer as mudanças e permanências nas brincadeiras, as crianças percebam que houve infância em outras épocas, ou seja, as pessoas não nasceram “adultas”.
Resumo das Atividades:

As atividades giram em torno do repertório de brincadeiras das crianças de sua classe, das que você apresentará para eles e da comparação com as brincadeiras de outras épocas a partir de dados coletados com os familiares.
Não haverá a necessidade de materiais muito específicos, além dos habituais papéis e canetas para registro. É interessante também usar imagens coletadas em livros e na internet.
Duração:

Sugere-se que esse trabalho aconteça, no mínimo, em um período de dois meses letivos, com a freqüência de duas a três vezes por semana. 16 aulas.

O professor deverá avaliar o envolvimento e compreensão das crianças a respeito das características das brincadeiras atuais, bem como das mudanças e permanências nas brincadeiras em relação às outras épocas.
Produto(s):

• Tabela comparativa com as brincadeiras do passado e do presente;
• Oficinas de brincadeiras (com as famílias, com as diferentes turmas da escola).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

O pobre e o rico

Em tempos muito remotos, quando o bom Deus ainda andava pela terra entre os homens, certa tarde, após ter caminhado muito, sentiu-se can...